Cultura

Humanidade

Quando interagir com os outros, sempre leve em conta o que agrada e desagrada a você, como medida. Deseje aos outros o que deseja ao seu próprio ego e não se esqueça de que qualquer conduta que desagrada a você irá desagradar aos outros. Se você faz isso, estará a salvo não só da má conduta e do mau comportamento, mas também de ferir os outros.

Considerando que os favores recebidos fazem você sentir gosto, carinho e apego por quem concedeu a graça a você, deveria entender como fazer os outros gostar de você e sentir carinho e apego por você. Diz-se que “as pessoas são escravas dos favores prestados a elas.” Então, fazer um favor e ser bom aos outros é uma defesa segura contra qualquer dano que possa vir deles.

Maturidade e perfeição de espírito é ser justo no seu tratamento aos outros, especialmente àqueles que lhe fizeram uma injustiça. Responda ao mal com o bem. Não pare nunca de fazer o bem, mesmo àqueles que o prejudicaram. Pelo contrário, trate-os com humanidade e nobreza, pois prejudicar alguém é um comportamento estúpido. Retribuir o mal com o mal insinua uma deficiência de caráter; retribuir o mal com o bem é uma nobreza.

Não há limites para fazer o bem aos outros. Aqueles que se têm dedicado ao bem da humanidade podem ser tão altruístas que sacrificaram suas próprias vidas pelos outros. No entanto, esse altruísmo é uma grande virtude se se originar na sinceridade e na pureza das intenções e se não definir “outros” pelas preferências raciais.

A nossa humanidade e nobreza estão diretamente proporcionais à nossa proximidade dos nossos amigos e a  manutenção dessa amizade. Falando de nobreza e bondade sem expressar calor e intimidade nas relações é mera afirmação. Fazendo o bem em troca somente do bem recebido ou às vezes deixar de fazer o bem aos outros a fim de puni-los, implica em imperfeição moral.

É um sinal de grande generosidade e bondade aos outros ignorar algumas de suas faltas, impropérios ou más maneiras e tolerar suas imperfeições. A curiosidade nos assuntos dos outros e procurar defeito deles é ser rude e mal educado e, divulgar tais assuntos é imperdoável. Declará-los na cara dos outros é um golpe duro para os laços de união entre os povos, um golpe do qual infelizmente, é quase impossível recuperar totalmente a amizade.

Aqueles que consideram o maior bem que fizeram aos outros como insignificante, enquanto apreciam os menores favores feitos a eles, são perfeitos que adquiriram os padrões do comportamento Divino e encontraram a paz em sua consciência. Essas pessoas nunca lembram aos outros o que fizeram e nunca se queixam quando os outros lhe parecem ser indiferentes.

Pin It
  • Criado em .
Direitos de autor © 2021 Site da Fethullah Gulen. Todos os direitos reservados.
fgulen.com é o site oficial do Fethullah Gülen. Todos os direitos reservados.